O blog do Cavaleiro Maker

O Fantástico Mundo do Card Games - Parte 3

Postado por Eduardo Botelho Em segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 0 comentários

Ufa! Enfim, irei terminar a série de postagens. Si si si! não desisti do blog de novo, apenas tive umas semanas meio corriqueiras (e quando chegava em casa não tinha ânimo para escrevere, então só ligava o videogame e jogava a noite toda). Mas chega de papo furado, e vamos para a última parte, os card games mobile!

A princípio, um esclarecimento: em minhas pesquisas, encontrei vários games jogaveis via browser. Como esses jogos podem ser jogados em qualquer PC, não trarei eles aqui, mas falarei apenas de Apps de card games.



O primeiro card game a ser citado nesse post é o Card Wars. O game é baseado em Hora de Aventura (Adventure Time). No episódio 14 da 4º temporada, Jake mostra uma caixa onde guarda um card game de nerds, chamado Guerra das Cartas. O episódio  mostra um duelo entre as planícies de Finn e o milharal de Jake.

No game de celular, você começa com apenas um herói disponível (Jake), e deve derrotar vários personagens da série, como Finn, Princesa Jujuba, Marceline, BeeMo, etc, com cartas que representam minions do desenho. Há três tipos de cartas, as criaturas (que tem ataque, vida e uma habilidade especial que é ativada ao girar a carta, o Floop), os feitiços (cartas de habilidade especial que vão para o descarte) e construções (uma espécie de feitiço, mas que afeta permanentemente uma criatura naquela pista). No começo do duelo, você deve escolher qual terreno irá compor cada uma das quatro pistas, e o seu objetivo é atacar o personagem adversário, o que sempre acontece quando há uma criatura numa pista, do seu lado, e a pista está vazia do lado do oponente. Se houverem criaturas dos dois lados, as criaturas combatem entre si, e há um minigame de agilidade para definir o tamanho do efeito do ataque das criaturas. Cada herói tem uma habilidade especial que pode ser ativada a cada x turnos.


Cavaleiros de milho, O Porco, Tempestade de Sangue Cerebral e Caverna da Solidão.

Os próximos jogos (isso mesmo, no plural, porque serão dois de uma vez, e vocês verão por que) são jogos de cartas colecionaveis da Square-Enix. Os games não são focados em combates, embora estes existam, mas o ponto forte do jogo é realmente a coleção de cartas. Eles são Guardian Cross, o game de fantasia medieval, e Deadman Cross, que é basicamente o mesmo jogo, mas com uma temática contemporânea de zumbis.



Ambos os jogos tem uma jogabilidade similar: Você ganha diariamente, licenças para caçar criaturas/zumbis. As criaturas caçadas ficam sob seu controle, e você pode usá-las para combater contra outros jogadores nas arenas ou para enfrentar NPCs em quests no modo Single. As cartas variam de raridade, sendo as de 5 estrelas as mais poderosas, mas mesmo a carta mais rara pode ser derrotada por um monstro de 1 estrela caso você não o evolua. A evolução se dá ao sacrificar monstros para aumentar a Exp de um card escolhido, assim você pode escolher quais cartas são inúteis e sacrificá-las para manter seus melhores monstros com nível alto. O combate, tanto com NPCs quanto contra humanos, é totalmente automático: Você coloca entre 5 a 10 monstros, na ordem em que vão lutar, e eles simplesmente se batem até a morte, geralmente gastando o máximo possível de mana em habilidades especiais.


Garotas-zumbi sexys e Abe fuckin Lincoln são apenas algumas das cartas que verá aqui

Por fim, falarei de Cards and Castles, uma mistura de card game e combate tático. Você monta um deck com duas facções (no início do jogo eram Nórdicos, Paladinos, Magos e Piratas, recentemente foi adicionada a facção dos Ninjas), podendo adicionar as unidades neutras para completar seu deck. O objetivo do jogo é destruir a fortaleza inimiga, para isso derrotando as unidades inimigas e movendo-se numa arena 9x5, lançando magias e erguendo construções que dão habilidades passivas às suas unidades. Cada facção tem suas forças e fraquezas (Paladinos curam-se o tempo todo, Magos tem ótimas cartas de magias, Nórdicos atacam com tudo, Piratas jogam sujo e abusam de debuffs, Ninjas apostam em velocidade e mobilidade). Para colocar uma carta em campo, deve-se gastar uma quantidade de moedas que é ganha no início de cada turno de forma crescente, de uma formabem similar ao HearthStone. Cada unidade possui uma quantidade de ataque, defesa, pontos de vida, alcance e movimento (esses stats podem ser 0 em alguns casos), e algumas possuem uma habilidade especial.




O jogo é gratuito, há cartas para comprar in-game (com dinheiro real, mas existem packs básicos que podem ser comprados com dinheiro do jogo, cartas mais poderosas são vendidas soltas a um valor maior, e cartas repetidas podem ser vendidas, sendo que cada deck pode ter 4 cópias de uma carta, o excedente é vendido automaticamente). Os gráficos são bem bacanas, cartunescos, e mesmo as animações das unidades colabora para tornar o jogo mais divertido. Há sons para cada ataque, magia, mesmo para as moedas ganhas por turno. Há um modo single-player com cenários para treinar e enfrentar adversários controlados pela IA, mas o mais importante é o multiplayer.

O game conta com dois modos multiplayer, um que limita os jogadores a cinco minutos por turno (quando ambos os jogadores dispõem de tempo para uma partida completa) e um modo "assíncrono", onde o limite de cada turno é um dia. Isso. 24 horas. Esse modo é extremamente interessante para pessoas que não tem muito tempo para jogar, mas que podem usar uma conexão com a internet a pequenos intervalos como fazer uma jogada a cada ida ao banheiro da firma, durante o expediente, por exemplo. O jogo possui rankings, mas se você quiser apenas um amistoso, sem problemas, pode jogar uma friendly match que não vai reduzir suas estrelas de nível.

Well, com esse artigo finalizo a série de card games, com games mainstream, games desconhecidos e mesmo games para quem não tem tempo pra jogar, mas gosta do estilo e quer experimentar algo. Caso conheça algum outro jogo e queira dar sugestões, pode falar ae embaixo na área de comments, vou procurar conhecer um pouco sobre o jogo e falar dele aqui também.

Até mais!

0 comentários:

Postar um comentário